Posts

9 Segredos de especialistas para fazer o seu negócio de personal trainer um sucesso

Para  iniciar um negócio de personal trainer ,  temos que criar produtos e serviços que supram as necessidades de saúde e fitness de seus clientes. Ofereceremos nove dicas de outros treinadores pessoais de classe mundial bem-sucedidos sobre como administrar um negócio lucrativo.

1. Saiba o que seus clientes estão lendo. Além de manter a sua própria educação profissional, preste atenção ao que seus clientes estão aprendendo. Revistas profissionais são importantes, mas não é suficiente. Você também precisa ler publicações tanto on-line como off-line. Elas estão constantemente relatando novas tendências em fitness, exercício e nutrição, e não é incomum que sua credibilidade seja testada. Quando seus clientes estão expostos a informações erradas, eles provavelmente procurarão confirmar ou questionar o que aprenderam.

2. Mantenha-se flexível. Não queremos dizer fisicamente flexíveis – embora certamente isso também seja importante – mas flexível em termos de como você opera e se relaciona com seus clientes. “Este é um negócio tão pessoal e você está lidando com pessoas um por um”. “As coisas surgem e você precisa permanecer flexível”.

Alguns treinadores de outros países, informam que, se você estiver deixando de cumprir uma política de seu contrato, certifique-se para que seu cliente saiba disso. Por exemplo, se alguém cancelar com menos de 24 horas porque está doente e você decide não cobrar, deixe claro, dizendo algo como: “Você sabe que eu tenho uma política de cancelamento de 24 horas e, tecnicamente, você Deveria ter pago por esta sessão. Mas eu entendo que você está doente, então eu não vou cobrar você desta vez “. Isso é extremamente importante, a maioria dos personais no Brasil não possuem um contrato. Acreditam que é mais uma objeção do cliente. Encare seu trabalho como um negócio.

Marketing Personal Trainer

George Blog

 

 

3. Atribua a lição de casa. Faça suas sessões durarem mais do que o tempo real que você está com seu cliente, oferecendo aos clientes coisas para fazer entre as sessões. Normalmente apenas um pouco de exercício ou dois para fazer por conta própria. Poderia até ser mais simples como alguns exercícios básicos de respiração, caminhada ou uma isometria. Depois peça o feedback.

4. Investir na educação. O conhecimento cria confiança, então invista na educação – mesmo depois de ter obtido suas sua graduação você precisa estar lendo e estudando para se manter atualizado sobre tendências de fitness e novidades. Estudar literatura atual, participar de aulas e participar de convenções e conferências são todos investimentos em sua empresa e não despesas. Invista em você

5. Você não é seu cliente. Uma porcentagem muito minúscula de seus clientes vão pensar e agir como você faz. Não desenvolva programas de exercícios que sejam eficazes para você; Junte programas que funcionem para seus clientes. “A maioria dos treinadores treinam seus clientes, como eles treinam, realmente não ouvem o cliente”, disse um treinador que consultamos. Provavelmente não estão fazendo o melhor para esse cliente em particular”.

6. Mantenha uma base de clientes. Uma das razões mais comuns pelas quais faltam empresas de treinamento pessoal é simplesmente a incapacidade de estabelecer e manter uma base de clientes estável. O alto volume de clientes e as baixas taxas de retenção de clientes dificultam a execução de um negócio lucrativo. Mas saiba que se tentar fazer com que os clientes se tornem dependentes de você,geralmente, podem produzir o resultado oposto. “Parece estranho, mas notei que os personais que tentam reter seus clientes, com uma mentalidade de escassez, tendem a irritar os clientes e a perderem rapidamente”.

Outras causas de perda de clientes são:

  • Falta de resultados Quando os clientes não vêem os resultados que eles querem ou que acreditavam que eles iriam alcançar, eles perdem o interesse e abandonam. Se isso se tornar um padrão, sua empresa não criará a clientela necessária para sustentá-la.
  • Não estabelecer metas É um grande erro quando um treinador não descobre quais são os objetivos de um cliente e confirma se eles são realistas e realizáveis. Os clientes com objetivos irrealistas são susceptíveis de abandonar quando percebem que não vão conseguir o que desejam.
  • Não manter um sentimento de compromisso Certamente, os clientes têm mais em suas vidas do que seus objetivos pessoais de fitness, mas quando o personal permite que os clientes percam regularmente as sessões, esses clientes não farão nenhum progresso e acabarão abandonando.

7. Não jogue fora. Certifique-se de manter um banco de dados de informações de contato dos clientes anteriores e prospects que passaram por uma consulta inicial e não fecharam com você. No futuro, você pode muito bem querer enviar uma mala direta e informá-los sobre novos serviços ou pacotes especiais que você está oferecendo, bem como a adição à sua equipe de novos treinadores que podem estar interessados ​​em trabalhar com .

8. Decida o quanto você está disposto a trabalhar. Quando você é dono da empresa, você não pode cobrar todas as horas que trabalha, porque você precisa gastar tempo executando a operação, bem como o treinamento. Para evitar  o stress ou o staff, decida antecipadamente quantas horas por semana você deseja trabalhar, então crie um cronograma e fique com ele. Você pode trabalhar 12 a 14 horas por dia, mais fins de semana no início, mas isso vai fazer você envelhecer cedo, então não tente fazer isso por muito tempo.

9. Seja seu próprio anúncio. Anuncie-se como um treinador pessoal sempre que estiver em público vestindo roupas com o nome ou o logotipo da sua empresa, ou alguma outra indicação. Transforme-se  em seu cartão de visita, isso é uma maneira fácil e barata de se identificar como personal trainer para todos que você entra em contato. Camisetas estão ok, mas uma camisa polo é melhor.

Qual o primeiro passo para melhorar o desempenho em sua vida profissional e pessoal?